Coração que lute!

Estudos científicos apontam que há grande relação em quadros de complicação da doença Covid-19 em pessoas com doenças cardiovasculares. E diante disto, se faz ainda mais necessário o cuidado na prevenção do contágio por essa nova epidemia.

Na atualidade os cardiopatas que são acompanhados por um médico cardiologista especializado tem conhecimento desta maior vulnerabilidade. Visto que, por seu histórico de saúde já apresentar deficiências no sistema imunológico, podem desencadear, por exemplo, um quadro de insuficiência respiratória.

Recentemente foi noticiado o primeiro caso de morte no Brasil pelo novo Coronavírus, era um homem de 61 anos, hipertenso e cardiopata. Tudo isso leva-nos a compreensão que o momento requer a nossa seriedade e comprometimento com o cuidado da nossa saúde.

Leave a reply